Como entender as quatro partes principais do cérebro?

O tronco cerebral é composto por três partes
O tronco cerebral é composto por três partes: o mesencéfalo, a ponte e a medula (medula oblonga).

O órgão mais complexo do corpo humano é o cérebro. Parte do sistema nervoso central, o cérebro é o comando central em torno do qual o intelecto, os sentidos e o sistema nervoso do corpo funcionam. É um órgão extraordinário e, neste artigo, as quatro principais seções do cérebro serão exploradas.

Parte 1 de 4: compreensão do cérebro

  1. 1
    Explore a maior seção do cérebro. O cérebro pesa cerca de 1 kg e o cérebro ocupa 80% dessa massa. Funções importantes do cérebro, como pensamento, memória, julgamento e tomada de decisões, são todas controladas no cérebro.
  2. 2
    Compreenda as seções do cérebro. O cérebro é dividido em quatro lobos, cada um com uma função específica:
    • Lobo frontal: altos níveis de percepção e habilidades motoras são controlados pelo lobo frontal. Envolvido no lobo frontal está o poder de planejamento, expressão, raciocínio e solução de problemas do corpo. O lobo frontal está localizado bem na frente do cérebro.
    • Lobo parietal: este lobo é responsável por traduzir os sinais de fontes tangíveis para o cérebro; toque, dor, pressão. O lobo parietal também é responsável pela orientação e reconhecimento. Sua localização é no centro do cérebro.
    • Lobo occipital: O lobo occipital tem apenas uma responsabilidade; pegando as informações que vemos, traduzindo-as e enviando sinais apropriados ao cérebro para processamento. O lobo occipital está localizado na parte posterior do cérebro.
    • Lobo temporal: localizado na parte inferior do cérebro, o lobo temporal tem a tarefa de processar os sons que ouvimos, bem como a memória e a percepção da fala.
Tem duas funções principais
A ponte está localizada na região superior do tronco encefálico e tem duas funções principais.

Parte 2 de 4: compreensão do cerebelo

  1. 1
    Explique o cerebelo. O cerebelo ocupa aproximadamente 10% da massa do cérebro. É dividido em dois hemisférios e está localizado atrás do topo do tronco cerebral, onde o cérebro se conecta à medula espinhal. Apesar de seu pequeno tamanho, o cerebelo contém metade dos neurônios de todo o corpo. Os neurônios são células especialmente projetadas responsáveis pela transmissão de informações a outras células nervosas e glandulares, bem como aos músculos de todo o corpo.
  2. 2
    Movimentos coordenados: O cerebelo é responsável por sincronizar os movimentos musculares voluntários, incluindo equilíbrio, coordenação, postura e fala.
As quatro principais seções do cérebro serão exploradas
É um órgão extraordinário e, neste artigo, as quatro principais seções do cérebro serão exploradas.

Parte 3 de 4: compreensão do sistema límbico

  1. 1
    Defina a função: o sistema límbico é a parte do cérebro que controla a resposta emocional. Ele está posicionado entre o cérebro e o tronco cerebral, desempenhando papéis importantes em nossa capacidade de aprender, memória de longo prazo, emoção e razão.
  2. 2
    Explique a função de cada seção: Existem quatro seções do sistema límbico.
    • Tálamo: O tálamo é um componente integral na transmissão de mensagens para as regiões apropriadas do corpo. Ele está envolvido em funções como percepção da dor e controle motor. Ele processa sinais auditivos e visuais, bem como nossa expressão emocional.
    • Hipotálamo: enquanto o tálamo é responsável por interpretar os sinais de estímulos externos, o hipotálamo é responsável por manter os sistemas dentro do corpo. Ele monitora muitas funções corporais, incluindo sono, fome e sede. Também envolveu o sono e a atividade emocional.
    • Amígdala: esta seção do cérebro também está envolvida nas emoções, especificamente medo e ansiedade. É responsável pelo instinto de sobrevivência, também conhecido como lutar ou fugir.
    • Hipocampo: Responsável pela criação e retenção de memórias, o hipocampo desempenha um papel importante na aprendizagem, desenvolvimento e comportamento emocional. Em termos simples, o hipocampo nos ajuda a lembrar eventos felizes e traumáticos, fazer escolhas com base na lembrança de eventos passados e perceber o perigo. Também auxilia na aprendizagem de gostos e desgostos, com base em memórias de lugares, pessoas e acontecimentos.
O tronco cerebral tem a tarefa de controlar o fluxo de mensagens entre o cérebro
Explore o papel desta seção: O tronco cerebral tem a tarefa de controlar o fluxo de mensagens entre o cérebro e o resto do corpo.

Parte 4 de 4: compreendendo o tronco cerebral

  1. 1
    Explore o papel desta seção: O tronco cerebral tem a tarefa de controlar o fluxo de mensagens entre o cérebro e o resto do corpo. Localizado abaixo do sistema límbico, ele supervisiona a função da consciência, da respiração, da deglutição, bem como da frequência cardíaca e da pressão arterial. Ele conecta a medula espinhal e o cérebro.
  2. 2
    Identifique as partes do tronco cerebral. O tronco cerebral é composto de três partes: o mesencéfalo, a ponte e a medula (medula oblonga).
    • O mesencéfalo (também chamado de mesencéfalo) controla o funcionamento da audição e da visão, bem como os movimentos dos olhos e do corpo. É aqui também que ocorrem as ações involuntárias, como digestão, frequência cardíaca e frequência respiratória.
    • A ponte está localizada na região superior do tronco encefálico e tem duas funções principais. Primeiro, ele controla a taxa de respiração, a quantidade de oxigênio ingerida junto com o número de respirações por minuto. Em seguida, a ponte controla a comunicação dentro do cérebro, enviando mensagens para o cerebelo e o cérebro, por exemplo. A ponte também é parte integrante da audição, paladar, equilíbrio e postura do corpo, regulando o sono profundo.
    • A medula é posicionada na parte inferior do tronco encefálico. Suas responsabilidades incluem funções corporais vitais, incluindo frequência cardíaca, pressão arterial e respiração. Esta área está envolvida nos reflexos naturais do corpo e também em ações involuntárias, incluindo espirros, tosse ou vômito.
Isenção de responsabilidade médica O conteúdo deste artigo não pretende ser um substituto para aconselhamento, exame, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Deve sempre contactar o seu médico ou outro profissional de saúde qualificado antes de iniciar, alterar ou interromper qualquer tipo de tratamento de saúde.
Artigos relacionados
  1. Como curar o bruxismo?
  2. Como tratar a insônia naturalmente?
  3. Como tratar um tumor cerebral?
  4. Como tratar dores de cabeça de concussão?
  5. Como usar um rastreador de sono?
  6. Como curar a insônia?
FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail