Como aprender os principais distúrbios do sistema nervoso?

As infecções são outra categoria de distúrbios do sistema nervoso
As infecções são outra categoria de distúrbios do sistema nervoso e são causadas por bactérias e vírus perigosos que entram no corpo e, no caso do sistema nervoso, em torno do cérebro.

Existem centenas de distúrbios do sistema nervoso, mas ao tentar obter uma compreensão básica deles, é mais fácil examinar os mais comuns. Abaixo está uma breve lista dos distúrbios do sistema nervoso mais comuns, divididos em categorias relativas ao corpo.

Passos

  1. 1
    Aprenda alguns dos distúrbios vasculares primários. Os distúrbios vasculares são um dos tipos mais comuns de distúrbios do sistema nervoso, caracterizados por problemas nos vasos sanguíneos do corpo. Os distúrbios vasculares costumam ser genéticos, mas também podem ser causados por excesso de peso, colesterol alto, ficar sentado por longos períodos e fumar cronicamente.
    • Um derrame é causado quando o cérebro não recebe sangue suficiente como resultado do corte de um vaso sanguíneo ou da perda de conexão com o cérebro como resultado de uma artéria bloqueada. É tratada mais frequentemente com medicamentos para afinar o sangue por um médico.
    • As hemorragias subaracnóideas ocorrem quando há sangue ou fluido que vaza para o espaço entre o cérebro e a membrana que o cobre (o espaço subaracnóideo). Isso pode acontecer por causa de uma pancada na cabeça ou uma queda forte. Os tratamentos podem incluir um tubo de drenagem para o cérebro, cirurgia ou medicamentos especiais.
    • Os hematomas subdurais ocorrem quando as veias que cobrem o cérebro são dilatadas e dilaceradas, causando sangramento no cérebro. Estes são mais comuns em idosos, mas podem ser causados por lesões repetidas na cabeça, alcoolismo e uso frequente de anticoagulantes. O tratamento envolve cirurgia e medicação.
  2. 2
    Aprenda algumas das infecções mais comuns. As infecções são outra categoria de distúrbios do sistema nervoso e são causadas por bactérias e vírus perigosos que entram no corpo e, no caso do sistema nervoso, em torno do cérebro. As infecções bacterianas são tratáveis, enquanto as infecções virais atualmente não têm tratamentos conhecidos.
    • A meningite ocorre quando a membrana ao redor do cérebro e da coluna vertebral infecciona e inflama, e pode ser reconhecida por fortes dores de cabeça e pescoço travado. A meningite bacteriana é tratada com antibióticos e cortisona, enquanto a meningite viral só pode ser tratada com repouso na cama e analgésicos.
    • A encefalite é uma infecção viral do cérebro, que faz com que ele inche. Tem sintomas semelhantes aos da meningite, incluindo dor de cabeça intensa, pescoço travado, convulsões e vômitos. O tratamento inclui corticosteroides e medicamentos para o alívio da dor.
    • O abscesso epidural é uma infecção da área entre os ossos da coluna vertebral e do crânio e a membrana que cobre o cérebro. Na maioria das vezes, é causada por uma variante da infecção por estafilococos, mas pode ser causada por outras bactérias que se espalham pelo sangue. Esta infecção é tratada com cirurgia e medicamentos.
    Os distúrbios degenerativos são distúrbios do sistema nervoso que começam lentamente
    Os distúrbios degenerativos são distúrbios do sistema nervoso que começam lentamente e pioram com o tempo.
  3. 3
    Estude os distúrbios estruturais primários. Os distúrbios estruturais são uma variante dos distúrbios do sistema nervoso caracterizados por alterações ou danos à estrutura do corpo (ossos, nervos, músculos, etc.). Esses distúrbios podem ser genéticos ou resultado de danos mais tarde na vida. Portanto, o tratamento varia significativamente entre cada transtorno.
    • A paralisia de Bell é um distúrbio estrutural conhecido por uma paralisia repentina ou perda de controle muscular em apenas um lado da face. Os médicos não sabem ao certo o que causa seu aparecimento, mas pode ser reconhecido pela perda de controle / sensação muscular, incapacidade de sentir o gosto das coisas, salivação, problemas nos olhos e sensibilidade ao som. Não há tratamento para a paralisia de Bell; ele desaparecerá por conta própria após 1-2 meses.
    • O distúrbio do túnel do carpo ocorre quando o nervo que desce pelo braço é pinçado no pulso e, quando não é genético, é geralmente causado por movimentos repetitivos de longo prazo. O túnel do carpo é tratado com muitas opções diferentes de fisioterapia, medicação e cirurgia, dependendo da gravidade da doença.
    • A neuropatia periférica é um distúrbio caracterizado pela perda de sensibilidade e dormência nas mãos e nos pés do corpo como resultado de danos nos nervos. É mais frequentemente causado por diabetes, mas também pode ser o resultado de alcoolismo, certas infecções e tumores que afetam os nervos. O distúrbio geralmente desaparece por conta própria, mas é tratado com medicamentos para alívio da dor e terapias de estimulação nervosa.
    • A espondilose cervical é um tipo de esporão / crescimento ósseo que se desenvolve na coluna cervical, pressionando as raízes nervosas. Artrite severa, obesidade e falta de exercícios podem causar esse distúrbio. A fisioterapia e certos medicamentos prescritos são usados para tratar esse distúrbio.
  4. 4
    Aprenda os distúrbios funcionais do sistema nervoso. Os distúrbios funcionais são aqueles relacionados ao sistema nervoso, mas para os quais nenhuma causa fisiológica pode ser encontrada. Esses distúrbios geralmente surgem no cérebro e o tratamento é muito diferente para cada um.
    • A epilepsia é uma doença caracterizada por convulsões crônicas como resultado da atividade das células nervosas perturbada dentro do cérebro. Para ser diagnosticado com epilepsia, você deve ter pelo menos duas convulsões não provocadas. A epilepsia é tratada principalmente com medicamentos anticonvulsivantes.
    • A nevralgia é uma lesão nervosa ao longo de todo o comprimento do nervo, fazendo com que o toque regular ao longo do trajeto do nervo seja sentido como dor intensa. A causa desse distúrbio ainda não é conhecida pelos médicos, mas é tratada com medicamentos, fisioterapia e bloqueios nervosos.
    • A tontura é um dos distúrbios funcionais mais comuns, sendo caracterizada por uma sensação de tontura e vertigem. As causas da tontura variam significativamente de caso para caso e, portanto, cada um tem seu tratamento específico.
    Abaixo está uma breve lista dos distúrbios do sistema nervoso mais comuns
    Abaixo está uma breve lista dos distúrbios do sistema nervoso mais comuns, divididos em categorias relativas ao corpo.
  5. 5
    Estude os distúrbios degenerativos. Os distúrbios degenerativos são distúrbios do sistema nervoso que começam lentamente e pioram com o tempo. Os distúrbios degenerativos geralmente não têm cura e podem ser a causa da morte por um longo período de tempo.
    • A doença de Parkinson é caracterizada pela perda de controle muscular, causando tremores, rigidez e lentidão de movimentos. O mal de Parkinson é principalmente genético, mas certos fatores ambientais raros também podem ser responsáveis. Não há cura, mas existem vários medicamentos que podem ajudar a retardar sua progressão.
    • A esclerose múltipla é uma doença conjunta do sistema imunológico / nervoso, em que o sistema imunológico do próprio corpo ataca e devora a cobertura de seus nervos. Os sintomas variam dependendo da gravidade e podem incluir dormência, tremores, perda de visão, movimentos interrompidos e fala arrastada. Não há cura para a doença e é tratada com medicamentos para controlar a dor e retardar sua progressão.
    • Alzheimer é uma doença que causa danos permanentes ao cérebro e perda de memória e habilidades básicas de funcionamento. A causa do Alzheimer não é clara, mas parece ser pelo menos parcialmente genética. Não há cura para a doença, mas atualmente existem quatro medicamentos sendo usados para ajudar a parar a profissão da doença.
Os distúrbios vasculares são um dos tipos mais comuns de distúrbios do sistema nervoso
Os distúrbios vasculares são um dos tipos mais comuns de distúrbios do sistema nervoso, caracterizados por problemas nos vasos sanguíneos do corpo.

Avisos

  • Esta não é uma lista abrangente de distúrbios e as informações apresentadas não devem ser usadas na tentativa de diagnosticar uma pessoa, a menos que você seja um profissional médico.
Isenção de responsabilidade médica O conteúdo deste artigo não pretende ser um substituto para aconselhamento, exame, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Deve sempre contactar o seu médico ou outro profissional de saúde qualificado antes de iniciar, alterar ou interromper qualquer tipo de tratamento de saúde.
Artigos relacionados
  1. Como evitar a doença da vaca louca?
  2. Como ter um cérebro saudável?
  3. Como diagnosticar astrocitoma?
  4. Como conviver com disfunção autonômica?
  5. Como testar os níveis de dopamina?
  6. Como diagnosticar transtorno do processamento auditivo?
FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail