Como viajar sem germes?

Você pode diminuir o risco de exposição a germes durante a viagem
Ao compreender os riscos, tomar precauções sensatas e manter seu sistema imunológico forte, você pode diminuir o risco de exposição a germes durante a viagem.

Viajar, embora seja uma maneira empolgante de ser exposto a novas pessoas e ideias, expõe você a germes. Os destinos populares de trabalho e turismo costumam estar lotados, assim como muitas das opções de transporte usadas para chegar a esses locais. Isso pode alimentar medos compreensíveis sobre ficar doente durante uma viagem, pois, por exemplo, estudos sugerem que voar pode aumentar a probabilidade de você pegar um resfriado em 100 vezes. Ao compreender os riscos, tomar precauções sensatas e manter seu sistema imunológico forte, você pode diminuir o risco de exposição a germes durante a viagem.

Método 1 de 3: manter a higiene durante o trânsito

  1. 1
    Lave as mãos antes de comer ou tocar no rosto. Ao tocar em uma superfície do veículo, os germes podem ser transferidos para sua mão. Lavar as mãos regularmente diminuirá a chance de os germes ficarem expostos aos olhos, nariz ou boca.
    • A lavagem eficaz das mãos envolve cinco etapas: molhar, ensaboar, esfregar, enxaguar e secar. Você deve esfregar por pelo menos 20 segundos.
    • Mantenha um pequeno frasco de desinfetante para as mãos à base de álcool por perto. Se você não tiver acesso a uma pia, pode aplicar a dose especificada no frasco e esfregar as mãos até que evapore.
  2. 2
    Use sapatos para ir ao banheiro. Mesmo que seja difícil sentado, calce os sapatos antes de ir ao banheiro. Suas meias podem transmitir germes do chão do banheiro para a bagagem quando você muda de roupa.
    • Mantenha os pés longe dos assentos e bandejas. Se você colocar os pés nessas superfícies, poderá espalhar os germes do chão para superfícies onde eles têm maior probabilidade de infectá-lo.
    • O uso de sapatos também fornece uma barreira adicional para prevenir a propagação de verrugas.
  3. 3
    Não toque em outras pessoas. Muitas doenças comuns são transmitidas por meio do contato próximo com pessoas infectadas. Os germes podem viajar até um metro e oitenta após um espirro. Limite seu risco mantendo vários metros de distância de outros viajantes, quando possível. Se você precisar interagir de perto com um estranho, lave as mãos ao terminar.
  4. 4
    Limite o contato com itens usados por outras pessoas. Centenas de pessoas tocam nos compartimentos superiores, nos bolsos das costas dos bancos, nas bandejas e nas portas dos veículos todos os dias. Várias superfícies em um avião podem abrigar germes por vários dias. Esteja ciente do que está ao seu redor e não faça suposições de que algo está limpo para tocar.
    • Se você estiver hospedado em um hotel, desinfete os itens comumente tocados, como um controle remoto, antes de usá-los.
    • Se você estiver voando, traga seu próprio material de dormir na bagagem de mão ou como item pessoal. As companhias aéreas limpam cobertores e travesseiros esporadicamente, e os assentos de ônibus e trens não são limpos entre cada viagem.
    Quando você tiver que viajar
    Quando você tiver que viajar, escolha opções de viagem menos lotadas, se puder.
  5. 5
    Evite apoiar o rosto no assento. Da mesma forma, evite tocar seu rosto após o contato com o assento ou bandeja. Essas superfícies não são desinfetadas com frequência e todas as outras pessoas que sentaram lá tocaram e potencialmente espalharam germes.
  6. 6
    Evite grades. Se puder, pule o uso de grades e topos dos assentos enquanto caminha até seu assento. Embora possam ser ferramentas convenientes para manter o equilíbrio, eles são tocados por muitos outros viajantes e os germes podem sobreviver nessas superfícies por várias horas.
  7. 7
    Use uma máscara cirúrgica. Se você estiver doente, isso diminuirá a quantidade de germes que você espalha durante a viagem. Conforme os germes entram em seu corpo através do nariz e da boca, uma máscara cirúrgica cria uma barreira que também pode diminuir o número de germes que chegam ao seu sistema.
    • Como alternativa, mantenha o nariz hidratado com um spray nasal de solução salina ou aplicando vaselina na parte externa do nariz. Isso pode aumentar as defesas normais do seu corpo.

Método 2 de 3: fortalecer seu sistema imunológico

  1. 1
    Coma uma dieta saudavel. O sistema imunológico é complexo e os esforços para mantê-lo forte devem se concentrar nas escolhas de estilo de vida, como trabalhar para manter uma dieta balanceada. Muitas frutas e vegetais oferecem uma ampla variedade de vitaminas e minerais que fortalecem o sistema imunológico. Coma uma variedade de alimentos para garantir que seu sistema imunológico tenha todos os nutrientes de que precisa para mantê-lo saudável.
    • Frutas e vegetais como frutas vermelhas, frutas cítricas e verduras são especialmente bons para o sistema imunológico.
    • Evite alimentos ricos em açúcar, pois o açúcar limita a capacidade do sistema imunológico de combater bactérias e infecções.
    DICA DE ESPECIALISTA

    Orçamento de dinheiro extra para alimentos saudáveis no aeroporto. Allyson Edwards, especialista em viagens, nos diz: "Não sou do tipo que empacota minha própria comida durante o voo, porque prefiro viajar com pouca bagagem. Mas, muitas vezes, comida de aeroporto é muito cara. Então, economizo e orto por uma boa comida de restaurantes de aeroporto quando planejo viagens. Eu adoro as xícaras de frutas nos aeroportos.

  2. 2
    Tome suplementos vitamínicos. As opções de refeições podem ser limitadas durante a viagem. Se você não conseguir obter todas as quantidades recomendadas de vitaminas em sua dieta, os suplementos vitamínicos podem ajudá-lo a manter o sistema imunológico forte.
    • Certifique-se de tomar um multivitamínico diário que não contenha mais do que 100% da ingestão recomendada. Doses excessivas podem criar toxicidades que prejudicarão sua saúde.
    • Suplementos de venda livre costumam fazer alarmes infundados. Comprimidos e pastilhas de vitamina C em altas doses podem ter um efeito mínimo em sua saúde. Se consumidos ao primeiro sinal de um resfriado, eles podem ajudá-lo a controlar os sintomas.
  3. 3
    Descanse o suficiente. Você aumenta suas chances de ficar doente quando dorme muito pouco. Quando você não está descansado, seu corpo apresenta níveis mais altos de estresse e inflamação. Mantenha seu sistema imunológico forte, obtendo um descanso consistente.
    • Sono de alta qualidade nem sempre significa mais sono. Certifique-se de dormir entre sete e nove horas por noite.
    Porque prefiro viajar com pouca bagagem
    Allyson Edwards, especialista em viagens, nos diz: "Não sou do tipo que empacota minha própria comida enquanto vôo, porque prefiro viajar com pouca bagagem.
  4. 4
    Beber água. Mantenha-se hidratado consumindo água, sucos de frutas e chás. A hidratação adequada fortalece o sistema imunológico, eliminando as toxinas dos órgãos.
    • A quantidade de água necessária depende da pessoa. Em média, os homens são incentivados a beber cerca de 3 litros por dia, e as mulheres, cerca de 2,2 litros por dia.
    • Você não pode levar bebidas engarrafadas com você através da segurança do aeroporto, então compre uma garrafa de água em um restaurante ou loja do aeroporto. Uma garrafa de água tem menos germes do que uma fonte de água pública.
    DICA DE ESPECIALISTA

    "Traga sua própria garrafa de água reutilizável quando voar", acrescenta o especialista em viagens, Allyson Edwards. "Cada vez mais aeroportos estão oferecendo estações de abastecimento de água, o que torna realmente fácil e gratuito se manter hidratado durante a viagem. Se você gosta de tomar café ou precisa de alguma coisa, leve um pacote Starbucks Via para café instantâneo ou um Pacote Crystal Light para algum sabor.

  5. 5
    Limite o consumo de álcool. O consumo moderado de álcool pode melhorar o funcionamento do sistema imunológico. Beber pesado, entretanto, prejudica o sistema imunológico.
    • Beber álcool imediatamente antes ou durante a viagem pode enfraquecer o sistema imunológico. O álcool é um imunossupressor que pode afetar sua capacidade de evitar infecções. Se você foi ou prevê ser exposto a uma infecção, o álcool pode aumentar o risco de adoecer.

Método 3 de 3: planejar com antecedência uma viagem saudável

  1. 1
    Evite viagens desnecessárias. Você pode diminuir o risco de exposição a germes ao viajar fazendo menos viagens. Quando você tiver que viajar, escolha opções de viagem menos lotadas, se puder. Dirigir um carro alugado pode demorar mais do que voar, mas pode diminuir significativamente o número de pessoas com quem você precisa interagir e, assim, diminuir o risco de adoecer.
  2. 2
    Embale itens de higienização. Prepare a sua bagagem de mão para que possa limpar facilmente as mãos e o espaço. Certos itens podem não estar disponíveis no aeroporto ou na estação ferroviária e custarão significativamente mais se estiverem disponíveis. Depois de garantir os itens certos, você pode guardá-los em uma bolsa de viagem para que sempre os tenha em voos futuros.
    • Transporte panos desinfetantes úteis. Um pacote de lenços umedecidos desinfetantes permitirá que você higienize as superfícies que você precisa usar durante o avião, trem ou ônibus. Isso pode ser uma grande ajuda, pois você não sabe quando o banheiro foi desinfetado pela última vez.
    • Leve uma máscara facial de uma farmácia. Isso pode ser usado como uma barreira física para germes enquanto você está sentado em uma cabine apertada.
    • Traga suas próprias revistas e opções de entretenimento. As revistas fornecidas pela companhia aérea têm sido usadas por muitas pessoas e alguns germes podem sobreviver no papel por horas ou até dias.
  3. 3
    Agende um tempo para relaxar e se recuperar. É fácil se sobrecarregar durante a viagem. Isso o deixará cansado e com sensação de estresse, o que aumenta a probabilidade de infecções. Planeje seus horários de chegada e partida para que você possa descansar antes de se esforçar.
    • Antecipe o jet lag. Embora seja incomum experimentar o jet lag ao fazer um voo curto no mesmo fuso horário, voos mais longos que cruzam os fusos horários aumentam o risco. Se sua viagem pode atrapalhar seus padrões de sono, tente agendar um dia extra após sua chegada para se ajustar.
    Uma máscara cirúrgica cria uma barreira que também pode diminuir o número de germes que chegam
    Conforme os germes entram em seu corpo através do nariz e da boca, uma máscara cirúrgica cria uma barreira que também pode diminuir o número de germes que chegam ao seu sistema.
  4. 4
    Viaje em épocas menos populares. Evite doenças, limitando sua possível exposição a germes. Como voos matinais são menos convenientes, voar cedo pode diminuir sua exposição às pessoas. Se você puder agendar sua viagem de ônibus para o meio da semana, há uma boa chance de que ele esteja menos lotado.
    • Feriados e fins de semana são os horários de voos mais populares.
    • Certos destinos enfrentam tráfego mais intenso durante determinados horários, como pontos de praia durante as férias de primavera. Planeje visitar esses locais durante a baixa temporada para diminuir a chance de estar em um voo lotado ou em um hotel lotado.
  5. 5
    Consulte seu médico. Se você estiver viajando para outra parte do mundo, certifique-se de ter todas as vacinas necessárias e recomendadas. Os requisitos variam de acordo com a região, portanto, verifique o site do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (http://cdc.gov/features/vaccines-travel/) quando souber para onde irá.
    • Se você ficar doente durante a viagem, considere entrar em contato com o consultório do seu médico. Dependendo dos seus sintomas, seu médico pode prescrever um antibiótico por telefone. O tratamento adequado pode ajudá-lo a se recuperar e também a manter a saúde dos outros passageiros.

Pontas

  • Não espalhe os seus próprios germes: ao espirrar ou tossir, use um lenço de papel e desinfete as mãos.
  • Use o banheiro do aeroporto antes de embarcar no avião.

Avisos

  • Evite o uso excessivo de desinfetante para as mãos à base de álcool, pois ele seca a pele e remove os germes saudáveis da pele.
  • Os aviões filtram seu ar reciclado. Sua maior chance de ficar doente vem de sentar-se perto de uma pessoa doente. Peça para ser transferido para longe de uma pessoa obviamente doente se houver lugares disponíveis.
Isenção de responsabilidade médica O conteúdo deste artigo não pretende ser um substituto para aconselhamento, exame, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Deve sempre contactar o seu médico ou outro profissional de saúde qualificado antes de iniciar, alterar ou interromper qualquer tipo de tratamento de saúde.
FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail