Como parar de doer nos ossos?

Dores nos ossos podem ser um sinal de muitas doenças graves, portanto, você deve marcar uma consulta com seu médico para descobrir a causa subjacente. Nesse ínterim, você pode tomar medicamentos antiinflamatórios de venda livre, como naproxeno, ibuprofeno e aspirina, para obter alívio de qualquer dor ou desconforto. No entanto, você deve sempre se certificar de que eles não interferem com qualquer outro medicamento que esteja tomando. Você também pode tentar aplicar uma compressa quente ou fria, como uma bolsa de gelo ou bolsa de água quente, nos ossos doloridos para anestesiar a área e reduzir o inchaço. Como alternativa, você pode receber uma massagem suave para aliviar a dor e o estresse. Para mais dicas de nosso co-autor médico, incluindo como ajustar sua dieta para fortalecer seus ossos, continue lendo!

As causas potenciais de dor nos ossos incluem
As causas potenciais de dor nos ossos incluem: Osteomalacia (amolecimento dos ossos, geralmente causado por deficiência de vitamina D durante um período de crescimento ósseo).

Uma variedade de doenças e lesões graves podem causar dores nos ossos. Se você está sofrendo de dores nos ossos, consulte um médico imediatamente para determinar a causa. Se a causa de sua dor óssea não for muito séria, você poderá usar alguns tratamentos caseiros para aliviá-la. No entanto, também é importante seguir as instruções de tratamento do seu médico.

Parte 1 de 3: determinando a causa de seus ossos doloridos

  1. 1
    Consulte um médico para determinar a causa de sua dor. Ossos doloridos podem ser mais do que apenas um incômodo. Dor nos ossos pode ser um sinal de uma doença subjacente grave, portanto, converse com seu médico imediatamente se você estiver sentindo dor nos ossos. As possíveis causas de dor nos ossos incluem:
    • Doença óssea de Paget
    • Câncer de Tecido Sólido
    • Anemia falciforme
    • Mieloma múltiplo
    • Osteomalacia (amolecimento dos ossos, muitas vezes causado por deficiência de vitamina D durante um período de crescimento ósseo)
    • Outros tipos de câncer, como câncer de mama ou de próstata. A dor óssea causada pelo câncer pode começar com uma dor surda ou profunda que pode ir e vir no início, mas gradualmente se torna persistente.
    • Leucemia
    • Fraturas (incluindo fraturas na linha do cabelo)
    • Uso excessivo ou esforço excessivo
    • Artrite
    • Obesidade
    • Osteoporose (dor óssea não é comum com esta condição, mas é possível)
  2. 2
    Converse com seu médico sobre seus sintomas. O seu médico pode fornecer um diagnóstico e um plano de tratamento mais específicos se você o informar sobre os sintomas que está experimentando. Preste atenção exatamente quando e como seus ossos doem e esteja preparado para responder às perguntas do seu médico, como:
    • Aonde dói?
    • Quando dói? À noite? Durante o dia?
    • A dor se move ou permanece em um lugar?
    • Há quanto tempo você tem dores nos ossos?
    • As dores pioraram?
    • Você tem experimentado algum outro sintoma?
  3. 3
    Peça ao seu médico para fazer alguns testes. Alguns exames e testes podem ajudar a determinar o que está causando dor nos ossos e como tratá-los. Esses testes podem incluir:
    • Colheitas de sangue (como para um hemograma completo ou "hemograma completo ")
    • Raios-X do (s) seu (s) osso (s)
    • Uma tomografia computadorizada ou ressonância magnética
    • Avaliação dos seus níveis hormonais
    • Estudos de urina
    • Varredura Dexa
    • Níveis de cálcio, fósforo e vitamina D
Testes podem ajudar a determinar o que está causando dor nos ossos
Alguns exames e testes podem ajudar a determinar o que está causando dor nos ossos e como tratá-los.

Parte 2 de 3: tomando medicamentos e suplementos

  1. 1
    Tome medicamentos antiinflamatórios. Uma variedade de medicamentos antiinflamatórios, incluindo antiinflamatórios não esteroidais comuns (AINEs), são muito eficazes no controle da dor causada por ossos doloridos. Seu médico pode sugerir um ou mais para você tomar. Muitas opções de venda livre estão disponíveis, mas sempre use-as de acordo com as instruções do rótulo ou seu médico. Os medicamentos antiinflamatórios comuns incluem:
    • Paracetamol
    • Naproxen
    • Ibuprofeno
    • Aspirina
  2. 2
    Consuma bastante vitamina D. É essencial ingerir uma quantidade adequada de vitamina D para que seu corpo possa construir e manter ossos fortes e saudáveis. Você pode garantir que está recebendo vitamina D suficiente de várias maneiras.
    • A quantidade de vitamina D de que uma pessoa precisa varia de acordo com a idade, mas varia de 400 a 800 unidades internacionais (UI) por dia. Aqueles com osteoporose ou mulheres após a menopausa precisarão de 800 unidades internacionais de vitamina D diariamente
    • Suplementos de vitamina D estão disponíveis em farmácias, supermercados, lojas de produtos naturais e muitos outros locais.
    • Você também pode comer alimentos ricos em vitamina D, incluindo: peixes oleosos (salmão, cavala, sardinha), gemas de ovo, cereais e pães fortificados e muitos leites e iogurtes.
    • A exposição adequada à luz do sol é importante, porque seu corpo precisa dela para ajudar a processar a vitamina D. No entanto, a superexposição pode ser prejudicial, então converse com seu médico sobre a quantidade de exposição à luz do sol que você deve ter.
  3. 3
    Obtenha bastante cálcio. O mineral cálcio é essencial para formar e manter ossos fortes (bem como para a saúde do cérebro e dos músculos). Se você tem dor nos ossos, a dor pode estar relacionada a uma deficiência de cálcio. Em qualquer caso, você deve garantir que está ingerindo uma quantidade adequada de cálcio em sua dieta.
    • A quantidade de cálcio que uma pessoa precisa por dia varia muito com a idade. Por exemplo, bebês precisam de 200-260 mg, crianças de 700-1000 mg e adolescentes de 1300 mg. Muitos adultos precisam de cerca de 1000 mg por dia; no entanto, mulheres com mais de 50 anos precisam de 1200 mg por dia. Mulheres na pós-menopausa e aquelas com osteoporose precisam tomar 1.200 mg de cálcio todos os dias, divididos em duas ou três doses.
    • Suplementos de cálcio estão disponíveis em farmácias, supermercados, lojas de produtos naturais e muitos outros locais.
    • Você também pode comer alimentos ricos em cálcio, incluindo: laticínios (leite, iogurte, queijo), couve, brócolis, peixe com ossos macios e comestíveis (como salmão e sardinha) e certos alimentos fortificados (incluindo alguns grãos, pães, cereais, massas, sucos, etc.).
  4. 4
    Tome antibióticos. Em alguns casos, os ossos doloridos podem ser causados por uma infecção. Em outros casos, uma infecção pode estar associada a uma causa subjacente da qual ossos doloridos também são um sintoma. Se o seu médico determinar que sua dor nos ossos está relacionada a uma infecção, ele pode prescrever antibióticos para combatê-la.
    • Certifique-se de que toma os antibióticos exatamente como prescritos pelo seu médico e durante o tempo que lhe for indicado. Você deve continuar a tomar os antibióticos pelo tempo que for instruído a fazê-lo, mesmo que a dor ou outros sintomas desapareçam. Isso ajuda a garantir que a infecção seja completamente erradicada.
    Ou para tratar ossos doloridos em particular - não foi bem estudada em muitos casos
    A eficácia dos tratamentos à base de ervas - geralmente, ou para tratar ossos doloridos em particular - não foi bem estudada em muitos casos.
  5. 5
    Faça tratamentos hormonais. Os hormônios são moléculas especiais que ajudam a regular os órgãos e o comportamento. Em alguns casos, os ossos doloridos podem ser causados ou estar ligados a uma deficiência de um ou mais hormônios. Seu médico fará testes para ver se este é o seu caso. Se for, ele pode prescrever um plano de tratamento (geralmente injeções de hormônio) para compensar essa deficiência e, por fim, aliviar suas dores.
    • Sempre siga cuidadosamente as instruções do seu médico em relação aos tratamentos hormonais.

Parte 3 de 3: usando outros tratamentos para controlar a dor óssea

  1. 1
    Experimente calor ou frio. Aplicar calor ou frio aos ossos doloridos pode ser uma maneira simples e eficaz de controlar a dor. O calor aumentará o fluxo sanguíneo para a área dolorida, acalmando-a como resultado. O frio proporcionará alívio ao anestesiar a área dolorida e reduzir o inchaço. Você pode escolher o método que achar melhor ou alternar entre os dois. Você pode aplicar calor ou frio à área dolorida usando vários métodos.
    • Aplique uma compressa fria (disponível em farmácias e em muitas outras lojas) na área dolorida. Certifique-se de colocar uma toalha sobre a pele para protegê-la, em vez de apenas colocar a compressa fria diretamente no local da dor.
    • Aplique uma bolsa de gelo feita em casa (coloque alguns cubos de gelo em um saco plástico lacrado) na área dolorida. Certifique-se de colocar uma toalha sobre a pele para protegê-la, em vez de apenas colocar a bolsa de gelo diretamente no local da dor.
    • Enrole toalhas quentes ao redor da área dolorida.
    • Coloque uma meia com arroz cru no micro-ondas por um minuto para formar um pacote de calor rápido e fácil. Certifique-se de colocar uma toalha sobre a pele para protegê-la, em vez de apenas definir a bolsa térmica de arroz diretamente no local da dor.
    • Tome um banho quente ou ducha.
  2. 2
    Experimente fisioterapia. Em alguns casos, a dor nos ossos pode ser causada por uso excessivo, esforço excessivo ou postura inadequada. Os tratamentos de fisioterapia podem ajudar a aliviar suas dores e incentivá-lo a se mover, sentar e ficar em pé adequadamente. Converse com seu médico ou fisioterapeuta sobre o desenvolvimento de um programa para ajudá-lo.
  3. 3
    Receber uma massagem. A massagem terapêutica pode proporcionar alívio geral da dor e do estresse, e algumas pesquisas indicam que pode ajudar especificamente a aliviar dores nos ossos em alguns casos. Peça ao seu médico ou fisioterapeuta para recomendar um massagista; ele ou ela pode conhecer um especialista em aliviar dores nos ossos.
    São muito eficazes no controle da dor causada por ossos doloridos
    Uma variedade de medicamentos antiinflamatórios, incluindo antiinflamatórios não esteróides (AINEs) comuns, são muito eficazes no controle da dor causada por ossos doloridos.
  4. 4
    Experimente acupuntura. A acupuntura (um tratamento no qual a pele do paciente é perfurada por agulhas finas em pontos precisos do corpo) é considerada um analgésico eficaz em muitos casos. Sua eficácia no tratamento de dores ósseas não é clara, embora algumas pesquisas indiquem que pode ajudar em algumas causas, como a osteoartrite.
  5. 5
    Considere tratamentos com ervas. Uma variedade de tratamentos à base de ervas são tradicionalmente pensados para aliviar a dor e / ou ter propriedades anti-inflamatórias. A eficácia dos tratamentos à base de ervas - geralmente, ou para tratar ossos doloridos em particular - não foi bem estudada em muitos casos. No entanto, você pode investigar um ou mais tratamentos com ervas em vez de ou em adição a outros métodos para aliviar a dor óssea (procure-os em supermercados, farmácias ou lojas de ervas e produtos naturais).
    • A casca do salgueiro branco tem efeitos semelhantes aos da aspirina.
    • Algumas pesquisas indicam que a cúrcuma tem um efeito antiinflamatório.
    • O chá verde há muito é reconhecido como um antioxidante e agora também como um antiinflamatório.
    • A pesquisa indica que uma substância na pimenta do reino conhecida como capsaicina tem um efeito antiinflamatório.
    • Sempre converse com seu médico sobre seus planos de tomar qualquer suplemento ou tratamento à base de ervas, uma vez que eles podem ter efeitos colaterais ou interferir com outros medicamentos que você está tomando.

Perguntas e respostas

  • Um bom banho quente pode ajudar a aliviar a dor e ajudar meus ossos?
    Sim, os chuveiros aliviam a dor em seu corpo. Eles também são ótimos se você estiver doente ou tiver dor de estômago.

Comentários (1)

  • kyler50
    Este artigo realmente me ajudou porque meu pai está doente e agora posso ajudá-lo a obter o tipo certo de remédios.
Isenção de responsabilidade médica O conteúdo deste artigo não pretende ser um substituto para aconselhamento, exame, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Deve sempre contactar o seu médico ou outro profissional de saúde qualificado antes de iniciar, alterar ou interromper qualquer tipo de tratamento de saúde.
Artigos relacionados
  1. Como prevenir lesões no tornozelo?
  2. Como levantar corretamente?
  3. Como melhorar sua postura no trabalho?
  4. Como combater a estenose espinhal cervical?
  5. Como tratar a estenose espinhal?
  6. Como viver com discos protuberantes?
Este site usa cookies para analisar o tráfego e para personalização de anúncios. Ao continuar a navegar neste site, você indica que aceita o uso de cookies. Para mais informações visite nossa Política de Privacidade.
FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail