Como parar os desejos por doces?

Para interromper o desejo por doces, coma um doce saudável, como frutas ou chocolate amargo, para satisfazer seus desejos. Você também pode tentar mascar um chiclete sem açúcar para se distrair dos desejos, em vez de satisfazê-los. Comer refeições menores e mais frequentes pode fazer com que você se sinta mais satisfeito ao longo do dia e menos propenso a ter desejos. Você também pode descobrir que pode interromper os desejos mantendo os doces fora da vista ou inteiramente fora de sua casa, uma vez que dificultar a obtenção de doces pode ajudá-lo a comer menos. Para obter informações de nosso revisor assistente social sobre como reconhecer e entender o que pode estar desencadeando seus desejos doces, continue lendo!

Para parar os desejos por doces
Para parar os desejos por doces, coma um doce saudável, como frutas ou chocolate amargo, para satisfazer seus desejos.

Não consegue parar de pensar em doces? Sente que tem um vício em açúcar? A pesquisa atual mostra que o açúcar afeta os produtos químicos no cérebro para criar desejos. Esses desejos costumam ser mais fortes devido ao impacto de outros itens, como a gordura. Uma dessas razões é que o açúcar libera no cérebro as substâncias químicas do bem-estar, incluindo serotonina e endorfinas. Esses produtos químicos fornecem uma pequena explosão de energia e geralmente melhoram o humor. Os gatilhos para o desejo por doces variam de indivíduo para indivíduo, mas costumam estar ligados ao humor e ao aumento de energia associado ao consumo de doces. No entanto, existem algumas maneiras de ajudar a combater esses desejos.

Método 1 de 3: encontrando seus gatilhos

  1. 1
    Preste atenção para gatilhos emocionais. Os desejos de doces são acionados porque você está com fome. Freqüentemente, esses desejos são desencadeados emocionalmente. Pense na última vez em que você começou a desejar doces. O que você estava sentindo? Talvez entediado, estressado, solitário, comemorativo ou preocupado? É útil entender todos os gatilhos emocionais para criar o melhor plano para lidar com esses desejos doces.
    • Para encontrar seus gatilhos emocionais, acompanhe quando você deseja doces. Cada vez que você deseja ou come um doce, escreva o que você está sentindo naquele momento em um diário. Certifique-se de identificar cada emoção que está sentindo.
    • Por exemplo, você anseia por um doce logo depois de tirar uma nota ruim em um exame. Seus doces desejos podem ser o resultado de tristeza ou decepção.
  2. 2
    Observe os desejos de estresse. Os desejos por doces também podem ser induzidos pelo estresse. O estresse libera uma substância química chamada cortisol, que é o hormônio do estresse. O cortisol está relacionado a uma longa lista de impactos negativos no corpo, desde ganho de peso até redução do sistema imunológico. O estresse faz parte de nossa resposta de lutar ou fugir. A maneira como você costuma lidar com o estresse é comer doces, pois isso acalma essa resposta.
    • Se você estiver se sentindo estressado, evite comer doces. Encontre outra saída, como malhar ou respirar fundo.
  3. 3
    Reconheça quando você precisa de uma explosão de energia. Quando você está cansado, você busca um impulso de energia rápido e fácil. O açúcar fornece um impulso temporário, mas não dura muito. Parte dos efeitos colaterais do açúcar é que sua energia será menor depois, porque não é um aumento de energia sustentável. O açúcar é uma das substâncias mais rápidas que seu corpo pode transformar em combustível ou energia.
    • No entanto, o problema continua sendo que é apenas um rápido e curto impulso de energia, muitas vezes levando a uma sensação de desânimo depois que o impulso termina.
    É útil entender todos os gatilhos emocionais para criar o melhor plano para lidar com esses desejos doces
    É útil entender todos os gatilhos emocionais para criar o melhor plano para lidar com esses desejos doces.
  4. 4
    Observe os desejos hormonais. Para as mulheres, o desejo por doces pode ser desencadeado pela síndrome pré-menstrual, devido a uma diminuição na produção de endorfina. Comer açúcar aumenta os produtos químicos de bem-estar no cérebro. Outro efeito colateral positivo de comer açúcar inclui a liberação da substância química no corpo que atua como um analgésico.
    • Quaisquer problemas hormonais podem criar desejos, pois os hormônios são parte integrante do processamento de energia no corpo. Se você tem ou pensa ter um desequilíbrio ou deficiência hormonal, procure atendimento médico profissional.

Método 2 de 3: mudando a maneira como você come

  1. 1
    Faça uma refeição de verdade. Se você deseja algo doce, verifique se está apenas com fome. Comer uma refeição saudável pode diminuir o desejo por doces desencadeado pela baixa energia. Ao escolher o alimento para sua refeição. escolha alimentos saudáveis que forneçam energia, como proteínas, fibras e carboidratos complexos.
    • Aumente a proteína em suas refeições, como peixes, frango, carnes vermelhas magras e nozes.
    • Evite refeições embaladas cheias de açúcar e ingredientes ruins, como sal.
  2. 2
    Consumir mais fibra. As fibras o ajudam a manter níveis saudáveis de açúcar no corpo, o que reduzirá a queda de açúcar que leva aos seus desejos. Isso também o ajudará a se sentir satisfeito por mais tempo. Procure alimentos com maior quantidade de fibras, que ajudam a saciá-lo.
    • Escolha alimentos como grãos inteiros, brócolis, alcachofra, macarrão de trigo integral, framboesas e feijões diversos.
    • A recomendação diária de cerca de fibra é de 35 a 45 gramas para mulheres e 40 a 50 para homens.
  3. 3
    Faça pequenas refeições. Quando os desejos por doces são desencadeados com menos energia ao longo do dia, outra estratégia é distribuir as refeições ao longo do dia. Isso o ajudará a evitar o declínio de energia decorrente de períodos sem comer.
    • Algumas pesquisas sugerem que cinco a seis refeições menores em comparação com três grandes refeições ajudam a manter a sensação de plenitude planejada durante o dia. Tente aumentar a quantidade saudável de calorias que ingere por dia ao adicionar mais refeições, mas não coma de cinco a seis refeições de tamanho normal. Isso aumentará em grande quantidade sua ingestão calórica.
  4. 4
    Leia os rótulos. O açúcar está escondido na maioria dos alimentos processados. Se você não consegue ler os ingredientes ou se houver muitos deles, provavelmente é rico em açúcar. Outros nomes comuns para tipos de açúcar são xarope de agave, açúcar mascavo, adoçante de milho, xarope de milho, dextrose, frutose, glicose, lactose, maltose, sacarose, xarope de milho rico em frutose, concentrado de suco de fruta, mel, açúcar invertido, açúcar de malte, melaço, açúcar bruto, açúcar e xarope.
    Quando os desejos por doces são desencadeados com menos energia ao longo do dia
    Quando os desejos por doces são desencadeados com menos energia ao longo do dia, outra estratégia é distribuir as refeições ao longo do dia.
  5. 5
    Escolha os melhores doces. Os doces não precisam ser complicados, super chiques ou uma sobremesa enorme. Pode ser melhor escolher um doce simples que não esteja cheio de ingredientes processados e não naturais. Comer doces simples também significa evitar alimentos processados, que muitas vezes são ricos em açúcar. Experimente outras opções como frutas e chocolate amargo.
    • Evite doces, bolos, biscoitos e sorvete.
  6. 6
    Beba mais água. Uma das maneiras mais fáceis de cortar os doces e diminuir seus desejos é beber mais água. Isso o ajudará a evitar bebidas açucaradas, além de mantê-lo hidratado e mais saudável. Evite bebidas com alto teor de açúcar, como bebidas esportivas, refrigerantes e algumas bebidas de frutas.
    • Se você não gosta de água pura, experimente água com gás com sabor natural.
  7. 7
    Ignore os adoçantes artificiais. Adoçantes artificiais não são uma solução para evitar ou diminuir os desejos por açúcar. Também há pesquisas mistas sobre o impacto dos adoçantes artificiais e o aumento do risco de câncer. Os adoçantes artificiais incluem sacarina, aspartame, acessulfame de potássio, sucralose, ciclamato de sódio e neotame.
    • Encontre um adoçante mais saudável, como o extrato de estévia. Não tem calorias e é derivado naturalmente, o que significa que vem da planta stevia em vez de produtos químicos como adoçantes artificiais. A estévia também demonstrou eficácia no tratamento da hipertensão e desconforto intestinal. No entanto, sabe-se que a estévia interage com alguns medicamentos, como medicamentos antiinflamatórios e antifúngicos. Pergunte ao seu médico se a estévia é segura se você tomar algum desses medicamentos.

Método 3 de 3: fazendo mudanças comportamentais

  1. 1
    Pratique a alimentação consciente. Pratique a atenção plena enquanto come. A atenção plena não é uma dieta, mas uma forma de estar presente enquanto se alimenta, rompe os maus hábitos e desperta a consciência sobre os hábitos alimentares. A plena atenção o incentiva a saber quando estamos realmente cheios e a prestar atenção aos sinais de seu corpo de que você está cheio. O benefício de comer com atenção é reduções em relação às refeições e também às sobremesas.
    • Para ajudar na atenção plena, experimente algo novo. Freqüentemente, comemos o mesmo café da manhã, almoço e jantar regularmente. Tente trocá-lo por novas receitas ou vegetais e carnes que você normalmente não come.
    • Preste atenção a cada mordida. Isso inclui olhar para a comida, apreciar o visual, saborear cada mordida e passar um momento depois para aproveitar a experiência. Desligue a TV e evite outras distrações para aproveitar cada mordida.
  2. 2
    Faça uma pausa antes da sobremesa. Seu cérebro precisa de tempo para registrar que está cheio após uma refeição. Leva tempo para o cérebro recuperar os sinais dos hormônios digestivos. Difere de pessoa para pessoa, mas é recomendável esperar 20 a 30 minutos antes de comer a sobremesa.
    Compreender o que pode estar desencadeando seus desejos doces
    Para obter informações de nosso revisor assistente social sobre como reconhecer e compreender o que pode estar desencadeando seus desejos doces, continue lendo!
  3. 3
    Encontre uma atividade alternativa. Se você achar que está desejando doces, tente uma atividade alternativa que alivie seus gatilhos emocionais ou ajude a fornecer um intervalo entre uma refeição e algo doce. Se você está entediado e quer pegar aquele saco de doces apenas para preencher o tempo, experimente uma destas outras atividades:
    • Dar um passeio
    • Experimente a mediação
    • Escreva em um diário
    • Mascar chiclete sem açúcar
  4. 4
    Limite o acesso. Outra estratégia para evitar doces é limitar o acesso à tentação. Isso pode ser removê-lo completamente ou colocá-lo fora de vista. Pesquisas mostram que remover itens ou pelo menos dificultar o acesso diminui o consumo. Isso dá mais tempo para pensar se você realmente precisa ou deseja o doce. Podes tentar:
    • Jogando fora todos os doces e açúcar em sua casa.
    • Esconda os itens doces na prateleira superior, tornando-a mais difícil de alcançar.
    • Coloque itens mais saudáveis à vista, como uma tigela de frutas no balcão, em vez de um pote de biscoitos.

Perguntas e respostas

  • Sempre anseio por algo doce. Mesmo quando estou satisfeito, continuo comendo. Como faço para me impedir disso?
    Às vezes, os desejos são apenas respostas emocionais. Você quer reconhecer por que está buscando aquela comida lixo. Às vezes, você só precisa meditar um pouco antes de comer por causa do tédio ou das emoções. Você também pode incorporar mais proteínas e mais volume (não calorias) para ter um estômago mais cheio. O exercício também ajuda a aliviar os desejos e o estresse.
  • Quando leio um rótulo, isso importa quantas calorias ele contém, ou açúcar?
    Ambos. Você não quer comer muitas calorias e não quer comer muito açúcar.
  • E se eu fizer tudo isso por um dia e os desejos voltarem ainda mais fortes? O que eu faço?
    Resistir a tentação. Peça ajuda a um amigo ou familiar. Desenvolva sua força de vontade. Quanto mais tempo você for capaz de resistir, mais fácil se tornará.
  • Onde você pode encontrar chicletes sem açúcar?
    Você pode encontrá-lo na maioria das lojas de esquina ou no caixa do supermercado. Procure o rótulo que diz "Ajuda seus dentes", ou palavras relacionadas. Se você também está procurando chicletes sem adoçantes artificiais, experimente uma loja de alimentos naturais.
  • Posso comer sorvete de vez em quando?
    Sim, não há problema em tomar sorvete de vez em quando, desde que você não o faça diariamente e esteja mantendo um estilo de vida saudável.
  • Existe um suplemento para ajudar a conter os desejos de açúcar?
    Não. Pelo menos ainda não. Talvez no futuro haja. Além disso, se você quiser açúcar, deve obter alimentos com açúcar natural.
  • Como faço para parar de comer compulsivamente?
    Em primeiro lugar, certifique-se de comer refeições e lanches regulares e repletos de nutrientes ao longo do dia. O impulso de comer compulsivamente será diminuído se você nutrir seu corpo de maneira adequada. Em seguida, limpe sua cozinha dos tipos de alimentos que você está mais propenso a comer compulsivamente (se você não parece esses alimentos quando abre a geladeira ou os armários, você estará menos apto a começar a mastigar). Finalmente, tenha um "plano de fuga". Quando você sentir vontade de comer demais, distraia-se dando uma caminhada, ligando para um amigo ou limpando o banheiro até que o desejo passe.
  • Eu me alimento de forma saudável o dia todo, então sucumbi aos desejos todas as noites por volta das 8:00. Não estou com fome, apenas entediado. Como eu paro isto?
    Quando você estiver entediado e de repente ficar com fome, beba um copo cheio de água fria. Sede e desidratação podem se manifestar como fome, e beber água deve ser exatamente o que você precisa. Se continuar, coma uma maçã ou banana.
  • Faz diferença se é sem açúcar ou não?
    O açúcar pode aumentar o peso. Se você está tentando perder gordura do estômago, evite açúcar e bebidas açucaradas.
  • Quanta água devo beber por dia?
    Para um adulto, é recomendável beber 4-7 xícaras todos os dias, para uma criança de 3-6.

Comentários (16)

  • qwatson
    Este artigo ajuda muito. Eu adorava doces, então meus dentes ficavam tortos. Usei aparelho ortodôntico e joguei todos os doces da minha casa no lixo e comi comida de verdade.
  • christian04
    Aprendi muito neste artigo, como o açúcar é um analgésico e sobre os desejos hormonais.
  • hdeckow
    A sugestão de substitutos saudáveis se destacou para mim. Eu adoro chocolate e também adoro gengibre agora, porque tem o mesmo ponche doce. No entanto, você não pode comê-lo tão rápido, fazendo com que você aproveite mais com o gosto persistente.
  • jorge62
    O artigo agrupa muitas dicas em 3 categorias. Isso vai me ajudar a lembrar das dicas.
  • ana68
    Estou com um problema, como muito refrigerante e muito doce. Isso realmente me ajuda.
  • armandodicki
    A parte sobre mudanças hormonais foi relevante e a parte sobre como organizar refeições menores.
  • tessie45
    Eu realmente preciso disso. Isso é tudo o que tenho a dizer.
  • abril90
    Isso é muito útil! Meu pai sempre me disse para me controlar ao comer doces. Tenho estado em uma dieta sem açúcar, mas continuo a comer. Isso ajudou muito!
  • nward
    Também descobri que um chiclete muito mentolado funciona muito bem para mim. Não tenho certeza sobre outras pessoas, mas ele pára meus desejos por 1-2 horas depois que eu paro de mastigá-lo.
  • wellington64
    Principalmente a parte em que o artigo falava sobre a alimentação emocional. Sou uma pessoa muito estressada e foi útil saber disso. Obrigado!
  • vicenteveronica
    Uau, realmente útil! Obrigado guia. Comi muito açúcar e quis parar.
  • teobaldoqueiros
    Vou experimentar as 5-6 refeições menores e saborear cada mordida. Muito inteligente, obrigado, vocês são salva-vidas.
  • yamaral
    Para fazer mais esporte. Pratico muito esporte, mas ainda anseio por doces. Se eu praticar mais esportes e comer doces sem açúcar por algum tempo, pararei de desejar doces.
  • lydiafeeney
    Muito detalhado, fácil de digitalizar e ir direto ao ponto! Eu amo isso.
  • valdezamanda
    Um ótimo artigo.
  • tteixeira
    Gosto de como ele dá tantas ideias, não apenas neste determinado tópico, mas em outros também.
Isenção de responsabilidade médica O conteúdo deste artigo não pretende ser um substituto para aconselhamento, exame, diagnóstico ou tratamento médico profissional. Deve sempre contactar o seu médico ou outro profissional de saúde qualificado antes de iniciar, alterar ou interromper qualquer tipo de tratamento de saúde.
Artigos relacionados
  1. Como entender o impacto da carga de carboidratos?
  2. Como parar de comer açúcar?
  3. Como eliminar alimentos ultraprocessados de sua dieta?
  4. Como evitar a deficiência de B12?
  5. Como suplementar sua vitamina D (para adultos)?
  6. Como preservar as vitaminas nos alimentos?
Este site usa cookies para analisar o tráfego e para personalização de anúncios. Ao continuar a navegar neste site, você indica que aceita o uso de cookies. Para mais informações visite nossa Política de Privacidade.
FacebookTwitterInstagramPinterestLinkedInGoogle+YoutubeRedditDribbbleBehanceGithubCodePenWhatsappEmail